O que é Alimento transgênico

Alimentos trangênicos são os alimentos geneticamente modificados, ou seja, que tiveram a sua estrutura de DNA alterada para que satisfizessem algum propósito humano.

Os alimentos geneticamente modificados (AGM) ou GMO (Genetically Modified Organisms, em inglês) são obtidos através da transgenia, área da biotecnologia que utiliza técnicas da engenharia genética para desenvolver novos organismos com base na recombinação do DNA de diferentes espécies (DNA recombinante).

Em suma, os alimentos geneticamente modificados são aqueles que nunca poderiam ocorrer de modo natural, pois o material genético das espécies envolvidas não teriam como se misturar na natureza.

Entre os principais objetivos da transgenia está o desenvolvimento de alimentos capazes de ter maior eficiência nutritiva, resistência às pragas e com menor custo de produção. Assim, teoricamente, como consequência esses produtos transgênicos também seriam mais baratos para o consumidor final.

Vantagens e desvantagens dos alimentos transgênicos
Há uma grande polêmica envolvendo as pesquisas sobre alimentos transgênicos, visto que existem fortes argumentos que reforçam e dificultam o avanço dos estudos nessa área.

Vantagens dos alimentos transgênicos

Plantas podem ser criadas para serem resistentes à pragas específicas, evitando o uso de agrotóxicos e, assim, diminuindo impacto ambiental e na saúde das pessoas;
Desenvolver plantas que produzem mais alimentos, garantindo maior eficiência dos produtos;
Com um aumento no número de produção e diminuição na necessidade de usar agrotóxicos, os produtos tendem a ficar mais baratos para o consumidor final;
Os alimentos transgênicos podem ser modificados para que tenham maior riqueza de nutrientes.
Riscos dos alimentos transgênicos
Modificações genéticas nos alimentos podem fazer com que as pessoas desenvolvam doenças, como alergias ou mesmo câncer;
Desequilíbrio ambiental, caso não seja feito obedecendo um estudo minucioso.